sexta-feira, 25 de março de 2011

GP da Austrália- Treinos livres- 1ª Etapa

Quando fui dormir por volta da uma da madrugada, o cenário mais provável era que a as Red Bulls iriam estraçalhar a concorrência. Webber e Vettel brincaram na liderança até o australiano resolver o assunto no final do treino marcando o melhor tempo do dia. Ao acordar pude ver que a equipe que mais levantou desconfiança na pré temporada, foi a que desbancou o favoritismo dos rubro taurinos: a Mclaren teve um desempenho até soberbo no segundo treino livre com seus dois pilotos duelando pela primeira posição, à exemplo do que ocorrera pela manhã com as Red Bulls. Button ganhou a disputa contra Hamilton e isso pode sugerir que a equipe de Woking esteja blefando a vista do seu desempenho pífio nos testes.
Até que essa melhora momentânea da Mclaren pode animar um pouco este início de trabalhos da F1. Pelo que se viu nos testes da manhã, a Red Bull está sobrando e se nem Mclaren ou Ferrari colocar um de seus carros na primeira fila teremos a chance de ver uma corrida chata e sonolenta. Mas também há a chance da chuva, que esteve presente, se bem que fraca, durante as práticas. Os pneus Pirelli, que se desgastaram de tal forma a chegar fazer buracos em alguns compostos usados (e os usados nesta sexta foram o duros!!!), também são fatores a serem levados em diante para que tenhamos uma corrida interessante.
Fernando Alonso foi o lutador de sempre, ficando em terceiro nas duas sessões, enquanto que Massa teve um 11ª lugar na sessão 1 e  foi sétimo na parte da tarde. Bom trabalho foi de Rubens Barrichello, que posicionou a Williams entre os dez no dois treinos o que já um presságio para o classificatório.
Decepção foi a Lotus Renault que ficou abaixo do esperado. A melhor posição conquistada foi de Petrov que marcou o décimo tempo na treino 1. Heidfeld tomou tempo do russo nas duas sessões. Trabalho duro para eles.
Dos estreantes, Sérgio Pérez foi o melhor do dia com um ótimo oitavo lugar colocando tempo em Kobayashi. Di Resta ficou em 16º, logo à frente de Sutil; Maldonado foi 18º e D''Ambrosio foi 22º.
A regra dos 107% está em vigor este ano e provavelmente terá apenas 20 carros largando em Melbourne, ou até menos que isso. Abaixo fica o vídeo da panca que Chandhok, piloto de testes do Team Lotus Renault, protagonizou no primeiro treino livre:


RESULTADOS- TREINOS LIVRES- GP DA AUSTRÁLIA- 1ª ETAPA



1
Jenson BUTTON
McLaren Mercedes
ING

1:25.854

31


2
Lewis HAMILTON
McLaren Mercedes
ING

1:25.986
+0.132
30


3
Fernando ALONSO
Ferrari
ESP

1:26.001
+0.147
28


4
Sebastian VETTEL
Red Bull Renault
ALE

1:26.014
+0.160
35


5
Mark WEBBER
Red Bull Renault
AUS

1:26.283
+0.429
33


6
Michael SCHUMACHER
Mercedes
ALE

1:26.590
+0.736
31


7
Felipe MASSA
Ferrari
BRA

1:26.789
+0.935
34


8
Sérgio PÉREZ
Sauber Ferrari
MEX

1:27.101
+1.247
39


9
Rubens BARRICHELLO
Williams Cosworth
BRA

1:27.280
+1.426
34


10
Nico ROSBERG
Mercedes
ALE

1:27.448
+1.594
23


11
Jaime ALGUERSUARI
Toro Rosso Ferrari
ESP

1:27.525
+1.671
31


12
Vitaly PETROV
Renault
RUS

1:27.528
+1.674
29


13
Nick HEIDFELD
Renault
ALE

1:27.536
+1.682
22


14
Sébastian BUEMI
Toro Rosso Ferrari
SUI

1:27.697
+1.843
30


15
Kamui KOBAYASHI
Sauber Ferrari
JAP

1:28.095
+2.241
35


16
Paul DI RESTA
Force India Mercedes
ESC

1:28.376
+2.522
33


17
Adrian SUTIL
Force India Mercedes
ALE

1:28.583
+2.729
31


18
Pastor MALDONADO
Williams Cosworth
VEN

1:29.366
+3.512
29


19
Heikki KOVALAINEN
Lotus Renault
FIN

1:30.829
+4.975
22


20
Jarno TRULLI
Lotus Renault 
ITA

1:31.763
+5.909
23



TEMPO 107%
TL2

1:31.864
+6.010




21
Timo GLOCK
Marussia Virgin Cosworth
ALE

1:33.345
+7.491
36


22
Jérôme D'AMBROSIO
Marussia Virgin Cosworth
BEL

1:33.359
+7.505
30


23
Vitantonio LIUZZI
Hispania Cosworth
ITA


1



Narain KARTHIKEYAN
Hispania Cosworth
IND





Nenhum comentário:

Postar um comentário