domingo, 26 de junho de 2011

GP da Europa- Corrida- 8ª Etapa

A maior discussão ao final da corrida de Valência concentrava-se sobre... que prova tinha sido a última a ser completada por todos os competidores! Deste modo dá para se ter uma idéia de como a corrida foi chata. Não foi uma bela corrida, mas por suas características deveria ter sido melhor, já que se trata-se de uma pista urbana. Mas a falta de muros, ou afastamento destes em quase todas as saídas de curavas, dá aos pilotos uma chance única de errarem e sairem ilesos. Naturalmente, se fosse em Mônaco, teríamos tidos várias entradas do SC. Mas o desenho desta pista, que privilegia a alta velocidade e (com mais ou menos 60% de pécravado no acelerador numa volta) e pontos de ultrapassagem, deixa a desejar com suas curvas travadas de 90° graus e nem mesmo a asa-móvel deu jeito para melhorar a disputa. Os recordes obtidos hoje na prova são foi do maior número de carros que completaram um GP (24) e de ser o terceiro GP da história a ter todos os pilotos completando a corrida, igualando os GPs da Holanda de 61 e Itália de 2005.
Sobre a prova em si, Vettel mostrou novamente sua classe e dominou com tranquilidade a prova do início ao fim. Mesmo quando Alonso chegou próximo, ele apertou o ritmo e distânciou-se mostrando que tinha a prova sob controle. Aliás o único destaque deste GP fora o próprio Alonso, que correu toda a tarde perseguindo o duo da Red Bull, em especial Webber, que sofreu toda a pressão do piloto da Ferrari. Alonso fechou numa segunda posição por méritos próprios, algo como 60% para ele e 40% para o carro, que tem melhorado nestes últimos GPs onde e aerodinâmica conta pouco e aliada aos pneus macios e extra macios, tem dado a Scuderia estas ótimas colocações. Mas para Silverstone, acredito, que as coisas voltarão ao normal. Mas será um bom teste para ver como eles se comportam. Webber foi um autêntico escudero, mas nada pode fazer contra Alonso e nem para perseguir Vettel de perto, ele prestou. A Mclaren foi péssima, mas aí os pneus médios tenham sacaneado eles, afinal Hamilton e Button reclamaram desde a sexta da falta de aderência que estes davam aos carros. Lewis destruia facilmente os pneus (nenhuma novidade) enquanto que Button não fez nada de especial, não fazendo nem sombra do que foi quinze dias atrás em Montreal. Massa fez uma ótima largada ao pular na frente de Alonso, mas a perdeu logo na saída da curva 1 ao ficar travado por Webber. E o resto da corrida só foi despencando de rendimento, mas ainda terminou em quinto.
As disputas, algumas que tivemos, se deram no pelotão intermediário ou do fundão, mas sem alterar qualquer coisa. Já ia me esquecendo de Alguersuari que levou o Toro Rosso à oitava colocação. Um boma resultado para ele, que pelo que soube, está com a cabeça a prêmio na equipe podendo dar lugar ao Daniel Ricciardo que hora e outra, tem treinado nas sextas de cada GP com a Toro Rosso. Sinceramente o piloto espanhol, no meu ver, é melhor que Buemi e a Red Bull poderia lhe dar uma chance para correr lá quando Webber arrumar as malinhas e dar o fora.
A F1 deixa Valência e ruma para a Grã-Bretanha, onde acontece o GP bretão daqui quinze dias. É a chance para Mclaren voltar a incomodar a Red Bull e da Ferrari mostrar se realmente reabilitou-se no mundial. Ainda sobre a Espanha se não bastasse a pista de Montmeló, ainda temos que aguentar a de Valência. O problema maior é que praticamente todas as pistas que fizeram parte da história do GP espanhol, eram chatos. Os únicos que se salvam eram os de Pedralbes e Montjuic Park, em Barcelona. Aliás Montjuic seria uma boa opção, não?
 Alonso ficou feliz por ter ficado entre as duas Red Bulls, destacando a melhora da Ferrari no campeonato. A prova de fogo será em Silverstone, no dia 10 de julho
 Uma largada sem acidentes contribuiu para que todos terminassem a prova mais cahta do mundial, disparada
Lewis não teve uma grande jornada em Valência e para ele a Mclaren deu um passo para trás.

Grande Prêmio da Europa- Circuito de rua
Valência- 26/06/2011
8ª Etapa


1. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull): 78 voltas em 1h39min36s169
2. Fernando Alonso (ESP/Ferrari): a 10s891
3. Mark Weber (AUS/Red Bull): a 27s255
4. Lewis Hamilton (INGL/McLaren): a 46s190
5. Felipe Massa (BRA/Ferrari): a 51s705
6. Jenson Button (INGL/McLaren): a 1min00s000
7. Nico Rosberg (ALE/Mercedes): a 1min38s000
8. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso): a uma volta
9. Adrian Sutil (ALE/Force India): a uma volta
10. Nick Heidfeld (ALE/Lotus-Renault): a uma volta
11. Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari): a uma volta
12. Rubens Barrichello (BRA/Williams): a uma volta
13. Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso): a uma volta
14. Paul di Resta (ESC/Force India): a uma volta
15. Vitaly Petrov (RUS/Lotus-Renault): a uma volta
16. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari): a uma volta
17. Michael Schumacher (ALE/Mercedes): a uma volta
18. Pastor Maldonado (VEN/Williams): a uma voltas
19. Heikki Kovalainen (FIN/Lotus): a duas voltas
20. Jarno Trulli (ITA/Lotus): a duas voltas
21. Timo Glock (ALE/Virgin): a duas voltas
22. Jerome d'Ambrosio (BEL/Virgin): a duas voltas
23. Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania): a três voltas
24. Narain Karthikeyan (IND/Hispania): a três voltas

FOTOS: GETTY IMAGES; REUTERS
 

2 comentários:

  1. Alonso pilotou o fino e a Red Bull...acho que só ano que vem, esse já deu!

    Valeu

    ResponderExcluir
  2. Pois é, infelismente eu estava certo sobre esse passeio de carros de f-1 na espanha..

    Aliás, o Alonso é um chato, os gps da Espanha são chatos, e de tão chato que não tem nem subida ou decida, esqueceram desse detalhe quando fizeram aquela vitrini.. É isso mesmo, esse GP parecia uma vitrini de tão chato... De tão chato que é a gente acaba nem valorizando o Vetell, o cara pilota muito, não erra, esse vai bater todos os records do Schumi..Mas lá na espanha tem duas coisas muito boas, uma delas é o vinho. A outra, bom a outra(s) são as mulheres!
    Onde estão as fotos?????

    GP to

    ResponderExcluir