segunda-feira, 26 de setembro de 2011

GP de Singapura - Corrida - 14ª Etapa

A prova realizada nas ruas de Marina Bay, em Singapura, é uma das mais cansativas do ano para os pilotos por causa do forte calor acompanhado da umidade. E para nós, espectadores, também é difícil de nos mantermos ligados na prova que quase todo ao beirar a marca de 2 horas de corrida. Fora estes problemas, tivemos a chance de ver uma vitória magistral de Vettel que fez da sua vitória um passeio, algo que, confesso não me lembrar de tal domínio faz algum tempo.
Sim, Vettel dominou a corrida como quis. E não teve nenhuma ameaça ao decorrer da prova. Apenas Button que chegara perto nas voltas finais, mas sem ameaçá-lo veemente. Sebastian tinha a prova sob total controle e apenas diminuiu o ritmo no final para preservar os componentes. Em média ele foi de 8 décimos à 1.2 segundo mais rápido que Button durante a corrida. A sua diferença poderia ter sido muito maior, caso o SC não tivesse entrado em ação após o acidente de Schumi com Pérez na metade da prova. Com certeza uma das vitórias mais tranqüilas de sua carreira na F1.
Enquanto que Vettel e Button fizeram provas calmas, os outros concorrentes ao título tiveram uma prova trabalhosa e muito por conta dos pneus que estavam se desgastando rapidamente. Nesse quesito quem mais cortou dobrado foram os Ferraris. Alonso até tinha chances de terminar no pódio, mas os pneus, tanto os macios quanto os super, estavam se degradando com certa rapidez. Ainda sim teve tempo de fazer uma boa largada, pulando de quinto para terceiro, e duelar com Webber pela terceira posição. Com um carro mais balanceado o australiano conseguiu vencer as batalhas com o espanhol, mas ficou evidente que, mesmo tendo um carro parecido com o de Vettel, a sua performance foi muito abaixo e isso vem de tempos. Massa vinha com uma boa quinta posição até parar nos boxes na volta 12 junto de Hamilton. Após saírem dos boxes, ambos disputavam a sétima posição e isso rendeu um toque de Lewis no pneu traseiro esquerdo de Massa mais à frente. Felipe teve o pneu furado e Hamilton à asa dianteira quebrada. Mais tarde isso deu à Lewis uma punição com a passagem por dentro dos boxes, enquanto que Massa teve a sua corrida prejudicada despencando para os últimos lugares. O SC ajudou-os a se recuperarem: Hamilton chegou em quinto e Massa em décimo. Essa corrida confirmou a queda de rendimento da Ferrari neste campeonato após a pausa de agosto. Antes disso, pegando como exemplo as provas de Mônaco e Valência, duas pistas de ruas onde foram usados os mesmo compostos macios e super-macios utilizados nesta prova de Singapura, Alonso conseguiu dois segundos lugares andando bem próximo de Vettel. É um sinal que já estão a trabalhar no carro de 2012 e jogaram para o alto este mundial bem antes do retorno do recesso.
Di Resta e Pérez fizeram bons trabalhos em Marina Bay: o escocês chegou a andar em terceiro em um período da prova e fechou na sétima posição, à frente de Sutil. Pérez marcou pontos mais uma vez e esteve muito bem frente a carros mais velozes, como os Mercedes. No acidente com Schumi, ainda é um tanto discutível, pois para alguns o mexicano chegou a mover o carro bloqueando o alemão. Michael assumiu a culpa pelo acontecido.
Sem hipóteses de marcar pontos Bruno Senna fechou em décimo quinto, mas antes disso, ainda no início da prova, tivera um problema na asa dianteira e acabou por trocá-la. Voltou no meio das Hispanias e a intervenção do SC também o ajudou a recuperar-se na corrida fechando na frente de Petrov. Barrichello não teve a mesma sorte. Largou em 12º e fechou em 13º, atrás de Maldonado.
A corrida em Marina Bay não passou nem perto do que foi a de Monza, mas ela teve os seus brilhos conquistados por curtos duelos durante o certame. O título de Vettel não veio, por um ponto, e isso ficará reservado à Suzuka que é a eterna casa das decisões da F1. E isso não acontece desde 2003, quando Schumacher venceu seu sexto mundial. E por coincidência, é outro alemão que estará prestes a fazer história novamente na F1. Continuando neste ritmo e tendo todo o apoio da Red Bull, que parece ser um lar inabalável, Sebastian está iniciando uma nova época de supremacia na categoria. E de um modo rápido e aniquilador. 
 A largada: foi o único momento em que Vettel teve alguma "pressão". No canto Webber bloqueia Hamilton
 Os pneus: Alonso sofreu aos montes com o desgaste excessivo dos compostos, tanto os macios quanto os super. Atrás Webber se prepara para atacá-lo
 Além de Vettel, Button foi outro que fez uma corrida super tranquila. E pelo andar da carruagem, já é o primeiro piloto do time.
 Ops!: Hamilton toca no pneu traseiro direito do Ferrari de Felipe, que fura instantaneamente. Mais tarde Massa foi dar os parabéns ao inglês.

RESULTADO FINAL
Grande Prêmio de Singapura
Circuito de Marina Bay - 15ª Etapa
61 voltas - 25/09/2011


1. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - 61 voltas em 1h59min06s
2. Jenson Button (ING/McLaren) - a 1s7
3. Mark Webber (AUS/Red Bull) - a 29s2
4. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - a 55s4
5. Lewis Hamilton (ING/McLaren) - a 1min07s7
6. Paul di Resta (ESC/Force India) - a 1min51s0
7. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - a uma volta
8. Adrian Sutil (ALE/Force India) - a uma volta
9. Felipe Massa (BRA/Ferrari) - a uma volta
10. Sergio Perez (MEX/Sauber) - a uma volta
11. Pastor Maldonado (VEN/Williams) - a uma volta
12. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) - a uma volta
13. Rubens Barrichello (BRA/Williams) - a uma volta
14. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) - a duas voltas
15. Bruno Senna (BRA/Renault) - a duas voltas
16. Heikki Kovalainen (FIN/Lotus) - a duas voltas
17. Vitaly Petrov (RUS/Renault) - a duas voltas
18. Jerome d'Ambrosio (BEL/Virgin) - a duas voltas
19. Daniel Ricciardo (AUS/Hispania) - a quatro voltas
20. Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania) - a quatro voltas
21. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) - a cinco voltas

Abandonaram:
Jarno Trulli (ITA/Lotus) - a 14 voltas/motor
Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - a 33 voltas/colisão
Timo Glock (ALE/Virgin) - a 52 voltas/colisão

FOTOS: ITV.COM

3 comentários:

  1. Então!!!
    O mais legal dessa bagunceira que foi esse GP..
    Foi ver os painéis dos carros, as faiscas das asas dianteiras..As mercedes esfregarem o rabo no chão daquele jeito tá fora do regulamento,,,, deixaram pra lá
    E ver que o Vetel sem o auxilio das asas móveis dar um passeio.. De capacidade...
    Quer saber porque o povo tá gostando mais dos moldes desta temporada???
    É por que as TVs não mostram mais tanto o primeiro colocado, e sim o resto ou onde tem troca de posições.. Mas está sim muito artificial, tanto é que a fatura do título já está liquidada...
    No Japão como nas outras que faltam o que vai prender o povo é só o show das asas, dos pneus e do Kers. Mais as bobagens que os pilotos vão fazer...Essa é a F-1 atual, pro ano que vem vai todo mundo copiar a Red Bull deste ano, só que precisa ver o que os caras de lá vão apresentar pro ano que vem....
    A Ferrari já jogou a toalha, de novo não discute o titulo, e paga a peso de ouro o seu grande campeão, que de campeão não tem mais nada, entre o Alonso e o Schumi,, fazendo umas presepadas preferia o Schumi lá, pelo menos ia achar um jeito de levar a Rossa mais pra frente.. Ou pelo menos ia tentar.. Não ia ficar choramingando...
    O Hamilton que se cuide, uma hora ele vai colher o que tá plantando com essa de ser audacioso.. Vejam só o que aconteceu com o Schumi.. Toda corrida o carinha apronta por conta do arrojo, e arrojo em demasia só da problema, todo piloto arrojado acha o muro de um jeito mais grave, cedo ou tarde..Acho que o Hamilton pilota como se estivesse num video game...Aquilo é de verdade e machuca pra valer...Só que tirando o arrojo em demasia é um pilotasso, uma hora acerta na mistura.. Ai sim..É isso que Ron Dennis aposta, na maturidade...
    O Massa pode até ter errado em interromper a entrevista do cara, mas cá entre nós tá todo mundo batendo no seu carro, na penultima foi o Webber, ontem foi o Hamilton..
    O cara deve estar de saco cheio disso, e outra tinha que fazer alguma coisa, senão ia acabar de vez com o respeito, só errou por que roupa suja se lava em casa..E na boa...
    O negócio tá tão artificial que até as zebras são de borracha agora... Ficou muito esquisito tudo isso.. Com a mania de copiar que os dirigentes Brasileiros tem , nós vamos acabar é com uma ferramenta pra parafusar zebras noa postos o ano que vem...
    Outra coisa muito interessante é que ando reparando numa barreira de espuma gigante que estão colocando nas pistas esse ano, aquelas de cor cinza, que são montadas umas nas outras pra proteger dos impactos e tá resolvendo mesmo.. Srá que ainda vão deixar aquele muro de metal lá no templo??? Se deixarem os caras são teimosos, se tirarem vão provar que estavam errados...
    Acho que sai de lá o muro de metal de alta tecnologia !! Pra ficar mais ou menos é capaz dos caras fazerem aquela área de escape lá no café.. Só que os acidentes não aconteceram nunca onde querem fazer a tal área de escape... Vamos ver como fica essa outra bagunça só perto da F-1...Só lá mesmo.. Não tão divulgando nada das reformas carrissímas que vão fazer lá no templo....
    No mais uma hora é legal outra é chata essa F-1, as pistas é que estragam boa parte do espetáculo..



    GP to

    ResponderExcluir
  2. Estranho foi esse desgaste excessivo dos pneus da Ferrari. Alonso não teve nem chance.

    ResponderExcluir
  3. GP to
    Acho o Alonso o melhor da turma, é claro que ele é um chorão, mas nao dá para fazer milagre com o carro que tem. Nesta prova os pneus se desgastavam de tal forma, que ele nem conseguia fazer o tangenciamento correto das curvas. Mas ele é um lutador, isso sim. E sobre o Schumi, é só dar uma olhada no carro de 2005 que não era grande coisa e ele penou para conseguir algo com aquela máquina. Salvo a cagada da Michelin em Indiánapolis, que retirou todos os seus carros da pista, certamente a Ferrari não teria vencido uma só prova naquele ano. E olha que o staff técnico da equipe era dos bons naquele ano.

    Corradi
    A Ferrari jogou a toalha. Eles estão à pensar somente no carro de 2012. Alonso vai ter que se virar com que tem nessas últimas corridas.

    Abraços!

    ResponderExcluir