domingo, 16 de outubro de 2011

GP da Coréia do Sul - Corrida - 16ª Etapa

Ao término do treino, após perder a pole para Hamilton, Vettel trazia seu carro para os boxes e pelo rádio soltou uma frase para a equipe algo como “Vamos lá, levantem a cabeça. Amanhã tem mais.” Foi algo incentivador perante a primeira derrota da Red Bull num treino classificatório neste 2011 e Sebastian fez questão lembrá-los que no domingo ainda havia uma corrida a ser disputada. Ele estava certo.
Vettel partiu com decisão para cima de Hamilton que segurou até onde pode a pressão exercida pelo piloto alemão. Sebastian superou Lewis no final da segunda reta dos boxes durante a primeira volta e não deu chances a mais ninguém. Na primeira parte, antes das paradas de Box, Vettel soube administrar bem a liderança. A vantagem sobre Lewis não subiu além dos três segundos e quando o inglês estava próximo, no máximo, ficava à 1 segundo do piloto da Red Bull. Lewis teve alguma esperança quando o Safety Car entrou na pista devido o enrosco de Petrov e Schumacher na volta 17. Quando relargaram, a vantagem manteve-se perto de 1 à 1.5 segundo por uma bom número de voltas. Mas quando Hamilton esboçava uma reação, Vettel estava pronto par dar a resposta e isso perdurou até o fim da prova, com o bi-campeão vencendo a corrida com mais de dez segundos sobre Hamilton. Este último, porém, teve alguma dificuldade inicial com seu jogo de pneus macios após a segunda parada quando Webber o pressionou se dó desde a saída de Box. O duelo entre os dois permitiu a aproximação de Button e mais tarde de Alonso, mas sem levar perigo aos dois contendores. Lewis ganhou uma folga nas últimas 5 voltas e garantiu a segunda posição, com Webber em segundo, Button em quarto e Alonso, que fizera voltas rápidas por 12 voltas consecutivas, ficando em quinto com hipóteses de até ganhar o quarto posto. Massa, que fechou em sexto, fez uma boa corrida ao andar bem na frente de Alonso até a volta 35 quando fez a sua segunda parada de Box. Segurou bem os ataques de Alonso neste período e pode até pensar em chegar mais à frente, pois seu ritmo de prova era satisfatório e por vezes até mais veloz que o de Fernando. De se destacar também que foi a quarta prova, das cinco últimas, que largou na frente do espanhol. Outro que fez um trabalho de respeito foi Alguersuari que passou por toda a corrida duelando com Di Resta e ao final ainda teve tempo para ganhar a sétima posição de Rosberg, ficando atrás, apenas, das três grandes equipes da temporada. Barrichello conseguiu levar uma complicada Williams ao 12º lugar e Bruno chegou em 13º, na mais apagada de suas corridas desde o seu retorno neste ano. Não posso, também, deixar passar despercebido o ótimo trabalho do duo da Lotus-Carteham, Kovalainen e Trulli, que chegaram a andar em 13º e 14º na corrida coreana. Talvez tenham mostrado alguma evolução, ou não, mas não deixa de ser um bom desempenho da mais séria das equipes nanicas.
A corrida de Yeongam não é unânime, claro. O povo coreano não lotou o autódromo que fica muito distante do grande centro que é Seul e a pista não é grande coisa, como já ficou provado na sua primeira edição em 2010. É uma pista que está no calendário mais pelo dinheiro que proporciona à Bernie, porque se fosse pela popularidade, certamente nem existiria. É uma prova que não durar muito tempo no calendário da F1.
Para os críticos ficou o cala a boca que Vettel deu à maioria que falou e/ou pensou que o garoto estava acomodado após o seu título de semana passada. As voltas velozes, o desempenho durante o GP e principalmente, a marca de melhor volta alcançada na última volta da corrida, uma altura em que o vencedor normalmente só completa a corrida com calma, mostra o quanto que ele está animado para este final de campeonato.
Ainda faltam três corridas para o fim: a estréia da pista Indiana, Abu Dhabi e Interlagos. Na Índia tudo é novo e não e sabe bem como será o desempenho dos carros por lá, mas em Marina Bay e Interlagos já tivemos a mostra de como Vettel foi perfeito nestas duas corridas ano passado. Portanto não é de se duvidar que ele vá igualar, ou tentar, o recorde de vitórias de Michael Schumacher, que é de treze vitórias em 2004. Posso dizer que Vettel está num outro nível.
 Hamilton saiu bem na largada, mas Vettel tomou-lhe a primeira posição ainda na primeira volta.
 Massa conseguiu um bom desempenho ficando à frente de Alonso por 35 voltas e se defendendo como podia dos ataques do espanhou. Fechou em sexto.
 Alguersuari foi o grande destaque do final de semana ao bater travar bons duelos contra Di Resta (acima) e Rosberg, vencendo ambos e terminado na 7ª colocação
Petrov perdeu o ponto de freada e bateu em Schumacher na freada da mais longa reta do circuito coreano, eliminando os dois da prova. O piloto russo perderá 5 posições no grid do GP indiano, próxima etapa.

Resultado Final
Grande Prêmio da Coréia do Sul
Circuito de Yeongam - 17ª Etapa
55 voltas-16/10/2011


1: Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) 1h30min01s994
2: Lewis Hamilton (ING/McLaren) + 12s019
3: Mark Webber (AUS/Red Bull) + 12s477
4: Jenson Button (ING/McLaren) + 14s694
5: Fernando Alonso (ESP/Ferrari) + 15s689
6: Felipe Massa (BRA/Ferrari) + 25s133
7: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) + 49s538
8: Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) + 54s053
9: Sebastién Buemi (SUI/Toro Rosso) + 1min02s762
10: Paul di Resta (ESC/Force India) + 1min08s602
11: Adrian Sutil (ALE/Force India) + 1min11s229
12: Rubens Barrichello (BRA/Williams) + 1min33s068
13: Bruno Senna (BRA/Lotus Renault) + 1 volta
14: Heikki Kovalainen (FIN/Team Lotus) + 1 volta
15: Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) + 1 volta
16: Sergio Pérez (MEX/Sauber) + 1 volta
17: Jarno Trulli (ITA/Team Lotus) + 1 volta
18: Timo Glock (ALE/Virgin) + 1 volta
19: Daniel Ricciardo (AUS/Hispania) + 1 volta
20: Jerome D'Ambrosio (BEL/Virgin) + 1 volta
21: Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania) + 3 voltas

Não completaram:
Pastor Maldonado (VEN/Williams)
Vitaly Petrov (RUS/Lotus Renault)
Michael Schumacher (ALE/Mercedes)

FOTOS: GETTY IMAGES; REUTERS; ITV.COM

Um comentário:

  1. É !!! Mais uma já foi!!
    O Vettel pilota muito ... É outro nível mesmo..
    O Hamilton e o Button estão com um canhão nas mãos..
    A Red Bull garantiu seu título hoje, o Vettel semana passada, falta só o Webber garantir o seu. "vice" pra coisa ser perfeita pros caras do energético..
    Foi nítida a impressão de que o que estragou a corrida foi o circuito mesmo e os pneus ""domingueiros de praia grande""!! Farofa! Só faltou o frango assado da padaria..
    Era tanta sobra de borracha que quem saisse do trilho pra ultrapassar pegava tudo quanto é pedaço de pneu cozido estragando as frenagens...
    Lógico que com algumas brilhantes excessões..
    No mais, foi mesmo morno o GP..

    GP to

    ResponderExcluir