sábado, 24 de março de 2012

Grande Prêmio da Malásia - Classificação - 2ª Etapa

Hamilton garantiu a sua segunda pole consecutiva
FOTO: Getty Images 
A volta de Lewis, assim como na semana passada em Melbourne, foi certeira: 1'31''219 e deixou para que os demais corressem atrás. Button até que chegou perto, baixando a diferença para 0''149 que foi insuficiente para tirar a pole de seu companheiro. Com isso, a Mclaren continua 100% nas classificações até aqui.
Por outro lado o domínio apresentado em Melbourne, com os Mclarens a colocar mais de meio segundo sobre os demais, não se repetiu neste treino. De Lewis para Rosberg, que largará em sétimo, a diferença foi de 0''442 e isso sugere que a prova possa ser bem interessante, uma vez que o desempenho em prova dos prateados de Woking não é tão formidável assim. Schumacher e Webber, que aparecem em terceiro e quarto, ficaram à menos de três décimos do duo da Mclaren, mostrando que poderiam ter brigado, ao menos, pela segunda posição. Isso até aconteceu quando Jenson superou Schumacher disputa do segundo posto.
Raikkonen fez um treino primoroso e sairia em quinto se não fosse a troca de câmbio que lhe custou cinco posições, jogando-o para décimo. Grosjean sai em sexto e, salvo problemas, a Lotus pode colocar seus dois carros na casa dos pontos. Perez fez o nono tempo e está logo atrás de Alonso, que deu apenas uma volta para garantir o oitavo tempo. Segundo ele, era o que dava para tirar do carro da Ferrari naquele momento. Vettel sairá em quinto, mas é preciso observá-lo nesta corrida com atenção: ele é o único dos dez primeiros que largará com pneus duros, já que o próprio disse que não tinha ficado à vontade com o desempenho do carro com pneus médios durante o Q2, optando pelos duros no Q3. Mesmo com o alto desgaste que é previsto para amanhã, será interessante ver quando que o alemão irá fazer sua parada de box para colocar os médios, e nessa altura os pilotos da dianteira estarão usando os duros. Daí veremos se é ou não um blefe por sua parte.
Os brasileiros foram medianos: Massa garantiu o 12º tempo, com cerca de quatro décimos de desvantagem para Alonso. Bem melhor do que tomar mais de 1 segundo, como aconteceu semana passada na Austrália. Bruno vai partir do 13º posto, duas posições depois de seu compenheiro Maldonado. Assim como Felipe, ele conseguiu diminuir a diferença para o seu parceiro ficando à 2 décimos.
Com o tempo que é habitualmente instável por aquelas bandas, o GP malaio deve interessante por causa, também, dos pneus. Quem souber poupá-los estará próximo de vencer por lá. E com isso Button já sai com uma pequena vantagem para amanhã.

GRID DE LARGADA PARA O GRANDE PRÊMIO DA MALÁSIA - 2ª ETAPA


1: Lewis Hamilton (ING/McLaren) - 1min36s219
2: Jenson Button (ING/McLaren) - 1min36s368
3: Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - 1min36s391
4: Mark Webber (AUS/Red Bull) - 1min36s461
5: Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - 1min36s634
6: Romain Grosjean (FRA/Lotus) - 1min36s658
7: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1min36s664
8: Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1min37s566
9: Sergio Perez (MEX/Sauber) - 1min37s698
10: Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) - 1min36s461*
11: Pastor Maldonado (VEN/Williams) - 1min37s589
12: Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1min37s731
13: Bruno Senna (BRA/Williams) - 1min37s841
14: Paul di Resta (ESC/Force India) - 1min37s877
15: Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso) - 1min37s883
16: Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - 1min37s890
17: Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) - 1min38s069
18: Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso) - 1min39s077
19: Heikki Kovalainen (FIN/Caterham) - 1min39s306
20: Vitaly Petrov (RUS/Caterham) - 1min39s567
21: Timo Glock (ALE/Marussia) - 1min40s903
22: Charles Pic (FRA/Marussia) - 1min41s250
23: Pedro de la Rosa (ESP/Hispania) - 1min42s924
24: Narain Karthikeyan (IND/Hispania) - 1min43s655

*Punido em cinco posições por trocar o câmbio

Nenhum comentário:

Postar um comentário