quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Foto 111: Na Hungria, há 20 anos...

(Foto: Sutton Images)

(Foto: Divulgação)
As duas fotos são de momentos distintos, que aconteceram no mesmo final de semana do GP da Hungria de 1992: a primeira é do Nigel "Il Leone" Mansell, que enfim chegava ao seu primeiro título Mundial que lhe havia escapado pelos dedos nos anos de 86, 87 e 91, todos pela Williams.
Por outro lado, no mesmo paddock, a Brabham fazia o seu último Grande Prêmio na F1 após Damon Hill qualificar-se em 25º e terminar em 11º, quatro voltas atrás do vencedor Ayrton Senna. Foi o melhor resultado da equipe naquele ano, sendo que nas outras dez corridas anteriores haviam classificado em outras duas oportunidades: na corrida inaugural em Kyalami, quando Eric Van De Poele largou em 26º e completou a corrida na 13ª posição e no GP da Grã-Bretanha com Damon Hill, que largou em 26º e terminou em 16º. Nas demais eles foram limados ainda nas pré-qualificações ou nos classificatórios. Além de Poele e Hill, Giovana Amati foi a outra piloto da equipe.
A partir do GP da Bélgica, a equipe fundada por Jack Brabham e Ron Tauranac, não apareceu mais na F1. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário