sábado, 27 de outubro de 2012

GP da Índia – Classificação – 17 ª Etapa


Mais uma para Vettel: quinta pole no ano, a 35ª da carreira
(Foto: Getty Images)
Mesmo tendo Webber como o seu maior adversário, a pole de Vettel foi fácil apesar dos 44 milésimos que o separou do tempo de Mark. Aparentou que Sebastian cravaria a marca em qualquer estágio do Q3 e nem mesmo uma escapada durante a volta de aquecimento, atrapalhou a sua concentração. Parece que ele quis mostrar ao mundo que “sim, também posso errar!”, mas que se bem a maioria dos adversários gostaria mesmo é que ele tivesse cometido este erro na volta que valeu a pole.
Do mesmo modo como nas últimas três etapas, a Red Bull sobrou e o melhor carro aparece três décimos atrás: Hamilton ficou com a terceira posição e me passou a idéia de que poderia ter discutido a posição de honra no grid com as Red Bulls, caso não tivesse errado em quase todas as suas voltas velozes. Sua condução agressiva me deu a impressão que estava a tentar extrair tudo o que tinha do carro, mas teve vários contratempos. Button esteve bem e ficou com a quarta colocação, sendo que foi deposto da terceira colocação por Lewis no final do treino.
Enquanto que os rubro taurinos e os cromados têm o que festejar, na Ferrari a coisa parece tensa. Alonso reclamou veemente das novas atualizações do carro, que não surtiram efeito algum. Se bem que pelos treinos livres parecia que ele estava em boa forma, mas o fato mesmo é que em treinos classificatórios, como tem sido este ano, a Ferrari ficou a dever. Ele sairá em quinto e terá a compania de Massa, que fez um bom trabalho em Buddh. Para a Ferrari o restará é tentar lutar por um pódio (o terceiro lugar) para amenizar o possível estrago que poderá acontecer na classificação de pilotos.
Destaque para o bom desempenho das Williams, que tem Maldonado na nona colocação. Bruno poderia ter levado o outro carro para o Q3, mas um erro em sua volta veloz custou caro e sai apenas em 13º. Ao menos ele destacou que o ritmo de prova é bom, o leva a crer que os pontos, para os dois pilotos, são possíveis.   
A corrida desenha-se mais uma vez para Vettel. Não acho que Webber se intrometerá com seu colega, se bem que ele já disse que caso esteja na frente não dará passagem para o seu companheiro, pois ainda tem chances de título. Mas uma boa saída dele (que é raro) pode ser interessante para a corrida, assim como uma boa largada de um dos caras da McLaren também ajudaria bastante a termos uma corrida legal amanhã. Até porque, segundo Hamilton, o ritmo deles é bom o suficiente para incomodar as Red Bulls.
Mas ainda creio que a disputa, pra valer, será da segunda posição para baixo.


Grid de largada para o GP da Índia – 17ª Etapa


1º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - 1min25s283
2º - Mark Webber (AUS/Red Bull) - 1min25s327
3º - Lewis Hamilton (ING/McLaren) - 1min25s544
4º - Jenson Button (ING/McLaren) - 1min25s659
5º - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1min25s773
6º - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1min25s857
7º - Kimi Raikkonen  (FIN/Lotus) - 1min26s236
8º - Sergio Pérez (MEX/Sauber) - 1min26s360
9º - Pastor Maldonado (VEN/Williams) - 1min26s713
10º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - sem tempo
11º - Romain Grosjean (FRA/Lotus) - 1min26s136
12º - Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - 1min26s241
13º - Bruno Senna (BRA/Williams) - 1min26s331
14º - Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - 1min26s574
15º - Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso) - 1min26s777
16º - Paul Di Resta (ESC/Force India) - 1min26s989
17º - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) - 1min27s219
18º - Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso) - 1min27s525
19º - Vitaly Petrov (RUS/Caterham) - 1min28s756
20º - Heikki Kovalainen (FIN/Caterham) - 1min29s500
21º - Timo Glock (ALE/Marussia) - 1min29s613
22º - Pedro de la Rosa (ESP/Hispania) - 1min30s592
23º - Narain Karthikeyan (IND/Hispania) - 1min30s593
24º - Charles Pic (FRA/Marussia) - 1min30s662


Nenhum comentário:

Postar um comentário