sábado, 26 de julho de 2014

Crash: 24 Horas de Spa-Francorchamps

E as coisas estiveram animadas nas primeiras duas horas de prova em Spa. Nada menos que quatro acidentes, sendo três na Eau Rouge-Raidillon e outra na Blanchimont. Algumas horas depois um pavoroso acidente na zona da Blanchimont envolvendo duas Ferraris da classe Gentleman Drivers, onde a prova acabou por ser interrompida.
A primeira panca foi do russo Viecheslav Maleev, que demoliu a Ferrari 458 quando atacou demais a zebra na subida da Eau Rouge, indo de encontro na barreira de pneus do outro lado e parando na Raidillon.

Na segunda o Mclaren MP4-12C de Tim Mullen bateu forte na Blanchimont, tanto que o piloto seguiu para o centro médico onde nada foi diagnosticado. Na relargada, foi a vez de Karim Ojjeh - com outra Mclaren - se espatifar na Eau Rouge, forçando outra entrada do SC.

Não satisfeitos, os pilotos trataram de arrumar outra panca e desta vez das grandes ao envolver quatro carros (Alex Dermidjan - Mclaren MP4-12C; Tim Muller - Ferrari 458; Andrew Howard - Aston Martin; Andrew Danyliw). Apesar da imagem, onde até um dos carros chegou a ter princípio de incêndio, os pilotos escaparam inteiros.

O pior acidente até aqui aconteceu há cerca de uma hora e meia, onde duas Ferraris se enroscaram na Blanchimont. Markus Mahy e Vadim Kogay tiveram suas Ferraris inteiramente destruídas e Mahy acabou por ser levado ao hospital de helicóptero. A prova ficou paralisada por um bom tempo exatamente para essa remoção.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário