sábado, 21 de fevereiro de 2015

F1 Pré-Temporada: Barcelona, Dia 3

Pastor Maldonado repetiu a dose do que fizera na quinta-feira ao marcar o melhor tempo e desbancou Max Verstappen da ponta da tabela de tempos na parte, já que o jovem holandês conseguira a melhor marca na parte da manhã. Ambos usaram pneus super macios para o feito. Quase dois segundos atrás, aparece Lewis Hamilton, seguido por Marcus Ericsson e Sebastian Vettel, que provocou uma bandeira vermelha assim que saíra para a sua primeira volta ao escapar na curva 4 e ficar encalhado na brita.
Foram poucos os contratempos tidos pelos pilotos, mas para Jenson Button foi mais um dia daqueles. Novamente o Mclaren Honda apresentou problemas no MGU-K (antigo KERS), deixando o inglês de fora da parte da manhã. Voltou à tarde, mas com a potência do MGU-K reduzida.
Na Williams, Massa treinou pela manhã enquanto que Bottas ficou encarregado da parte da tarde, onde trabalhou na simulação de pit-stops.
Max Verstappen foi o que mais deu voltas hoje, num total de 129. Mostrando o quanto que o Toro Rosso está em dia com sua durabilidade.
Pastor Maldonado: “O programa correu bem mesmo com a limitação da pista e a chuva indo e vindo. Foi positivo. Demos mais de 100 voltas e tentamos fazer uma simulação de corrida que parou por causa da chuva.O que impressiona no carro é a confiabilidade. O time fez um trabalho incrível na instalação e com as novas peças, tudo parece funcionar bem. E do ponto de vista da pilotagem, está parecendo bom. Não sei quão rápido em relação ao dos outros, mas certamente mais rápido que o nosso do ano passado, é fácil de ver.O supermacio não é tão bom nessa pista, mas com o pneu macio o tempo de volta [1min24s9] foi bom e encontramos um bom equilíbrio, o que é encorajador. Foi importante para nós passar por todos os pneus e entender como o carro reage a eles, mesmo que não sejam os mais corretos para cá. Tem que usá-los para milhagem e para experiência.O carro parece consistente. Não sei se rápido. O equilíbrio não era o melhor para os long-runs, mas hoje era muito importante dar muitas voltas para ver a performance do carro em long-runs e a confiabilidade, além de outras coisas que se pode aprender. Para o acerto, ainda há muito a fazer"

Max Verstappen: "Não posso reclamar. Tive um dia bem positivo e conseguimos facilmente completar todo o nosso programa. O carro está ajudando muito. Estou aprendendo a cada volta. Fizemos alguns long-runs também e isso vai ser útil para chegar a Melbourne.A unidade de força está OK. Ainda não estamos andando com potência máxima, e acho que as principais atualizações virão na próxima semana. Então temos que esperar.A parada no final não foi realmente um problema, paramos por segurança para garantir que nada aconteceria. A equipe me falou para parar.Ainda é difícil dizer, mas dá para dizer que a Mercedes está forte. A Ferrari parece bem. Mas você não sabe o que eles estão fazendo. Apenas foca em si mesmo, então acho que na próxima semana nós vamos ver mais."

Lewis Hamilton: “A cada ano parece que os testes ficam mais curtos. Hoje o tempo não estava bom, os pneus não funcionavam do jeito que conhecemos, então é difícil confiar nas mudanças que se faz no carro.Acho que é muito cedo para dizer, mas temos conseguido uma ótima quilometragem, e essa tem sido a intenção. Toda vez que venho para os testes, a mesma pergunta é feita, e é realmente difícil saber.Acho que vamos ter algumas impressões a mais na próxima semana, quando trouxerem as atualizações para a primeira corrida”

Marcus Ericsson: "Não foi um dia fácil para nós. Com o problema de ontem do câmbio, nós perdemos quase toda a sessão desta manhã. De tarde nós tivemos um pouco de dificuldade para entender o carro. Nós estávamos mudando coisas diferentes, mas não conseguíamos fazer o carro trabalhar do jeito como gostaríamos. Entretanto, nós conseguimos fazer algumas voltas, e isso é importante para aprender com esse tipo de dia. Nós vamos avaliar os dados e garantir que daremos um passo à frente nos próximos dias".

Sebastian Vettel: "Esta manhã eu estava dormindo um pouco e, saindo dos pits com pneus frios, eu rodei. O mínimo que eu podia fazer era ajudar os rapazes a tirarem o carro da brita! Depois nós trabalhamos principalmente na confiabilidade, fazendo um bom número de voltas. Nós estamos conseguindo rodar sem muitos problemas, mas é realmente duro dizer onde estamos em comparação com os outros. Nós precisamos trabalhar um dia após o outro para tentar entender o nosso carro. No geral, Kimi e eu estamos satisfeitos, mas ainda há muito a ser feito. As condições hoje foram difíceis para todos, já que o frio deixou a pista bem escorregadia. Foi bom ver o nosso presidente na garagem e estou feliz por ele estar trazendo seu apoio."

Daniil Kvyat: "Nós aprendemos bastante hoje. Foi ótimo continuar o total de ontem do Daniel fazendo muitas voltas de novo hoje. Este tipo de consistência é muito útil para nós e muito encorajador. É difícil saber onde estamos e é muito cedo para fazer qualquer tipo de previsão, apesar de estarmos nos aproximando da primeira corrida. Nós apenas estamos executando o trabalho, tornando o carro melhor a cada dia e dias tão produtivos como o de hoje são muito importantes."


Resultado - Testes de Pré-Temporada - Barcelona, dia 3

PosPilotoCarroTempoDifVoltas
1Pastor MaldonadoLotus/Mercedes1m24.348s - 104
2Max VerstappenToro Rosso/Renault1m24.739s 0.391s 129
3Lewis HamiltonMercedes1m26.076s 1.728s 101
4Marcus EricssonSauber/Ferrari1m26.340s 1.992s 53
5Sebastian VettelFerrari1m26.407s 2.059s 105
6Daniil KvyatRed Bull/Renault1m26.589s 2.241s 112
7Felipe MassaWilliams/Mercedes1m26.912s 2.564s 55
8Pascal WehrleinForce India/Mercedes1m27.333s 2.985s 81
9Valtteri BottasWilliams/Mercedes1m27.556s 3.208s 49
10Jenson ButtonMcLaren/Honda1m29.151s 4.803s 24

Nenhum comentário:

Postar um comentário