terça-feira, 17 de março de 2015

Foto 491: Agora só em Le Mans

O imponente GT-R LM Nismo LMP1: agora só em Sarthe
Todo aquele furor em torno da volta da Nissan à classe principal do endurance, recebeu uma bom balde d'água gelada na esperança dos fãs e entusiastas de verem o GT-R LM Nismo LMP1 em ação contra Toyota, Porsche e Audi: devido aos problemas de performance e do carro não ter passado pelo crash test da FIA, a cúpula da equipe resolveu retirar o carro das duas próximas corridas - 6 Horas de Silverstone (12/4) e 6 Horas de Spa (2/5) - para tentar resolver os problemas e se preparar melhor para as 24 Horas de Le Mans. Além deste problema no crash test, o carro já havia sofrido um trincamento no chassi durante os testes em Sebring, realizados semanas atrás. E nestes mesmos testes, com os tempos sendo comparados ao da Audi, que andou como seu modelo R18, as marcas do protótipo da fábrica nipônica era de dez segundos acima. Uma eternidade dentro da classe LMP1.
Interessante é que os dois retornos mais aguardadas do motorsport para este 2015, tem levado as cabeças pensantes a fervilharem o cérebro neste início de temporada: Honda (F1) e Nissan (WEC), tem enfrentado inúmeros problemas em seus novos desafios.
Mas ao menos, a Nissan poderá "matar" os testes em Paul Ricard e as duas corridas iniciais para melhor se preparar, enquanto que a Honda, em parceria com a Mclaren, terá que resolver os problemas na frente das câmeras. 

Um comentário:

  1. El WEC sigue sumando grandes fábricas; en cualquier momento le hará sombra a la F1!
    Abrazos!

    ResponderExcluir