sexta-feira, 13 de abril de 2012

Foto 75: Soberbo

E debaixo daquele aguaceiro de Mônaco, 1984, não foi apenas Ayrton que mostrou ao mundo que sabia andar sobre água: Stefan Bellof estava formidavelmente rápido naquela prova e, talvez, passasse por Senna e Prost e venceria a corrida monegasca. Mas a bandeira vermelha acabou com esta chance e mais tarde a Tyrrell perderia todos os resultados daquele campeonato, por ter usado combustível com alto teor de chumbo.
Mas Bellof tinha dado o seu cartão de visitas.

FOTO: Motorsport Retro

3 comentários:

  1. Ele depois demonstrou velocidade na chuva no GP de Portugal de 1985, chegando no sexto lugar... e com o bico quebrado.

    ResponderExcluir
  2. Largou em ultimo e estava chegando em terceiro... Segundo a o pessoal da Toleman o carro de Senna não duraria mais 2 ou 3 voltas pois ele quebrou parte da suspensão em uma escapadinha... Bellof no momento que a corrida parou era o mais rápido na pista...

    Ele Bellof que andava de protótipo ao mesmo tempo que na F1 além de ser campeão tem o recorde até hoje de Nürburgring (Nordschleife). Fez corridas fantásticas em meio a pilotos históricos nos protótipos.

    Na corrida que morreu largou em 20ª e bateu com Jacky Ickx quando disputava a liderança.

    Era rápido e agressivo como poucos pra mim o ultimo grande talento perdido antes de brilhar na F1... Daria trabalho para o pessoal pois nos testes com Senna virou 0.02 mais lento porém estava com uma Mclaren menos potente e 1 ano mais velha que a de Senna no teste.

    ResponderExcluir
  3. é verdade... tem muita gente que esquece do Bellof. Bela lembrança.

    ResponderExcluir