segunda-feira, 15 de março de 2010

Alonso vence na sua estréia pela Ferrari e Red Bull com Vettel mostra força

A prova do Bahrein foi dominada por Red Bull e Ferrari com total força, não dando margem para os demais concorrentes. Sebastian Vettel dominou a prova desde o início, mas sempre com as duas Ferraris na sua cola. Alonso se aproveitou de uma brecha na largada para pular de terceiro para segundo passando seu companheiro Massa, sendo assim o único duelo dos dois na prova.
A diferença entre o líder Vettel e o duo da Ferrari não passou da casa de 3.5 segundos (a diferença dele para Alonso sempre oscilou entre 1.5s e 2.5 e para Massa chegando ao máximo de 3.5s). Os demais concorrentes, como Nico Rosberg, não chegou perto do trio dominante da prova. Aliás, por falar nisso, ficou bem claro a diferença entre as equipes. Pelo que parece, nestas próximas provas, baseando-se pela corrida barenita, a briga tende a ficar entre Ferrari e Red Bull.
Vettel continou liderando a prova mesmo após a sua parada nos boxes para a troca de pneus, mas na volta 30 o motor Renault começou a perder potência e isso fez a diferença de 2.5s cair para 0.5s com relação a Alonso. Por um breve momento o Red Bull voltou a abrir diferença, mas na volta 34 caiu de vez a performance e assim Fernando pode passar por Vettel e assumir a primeira posição e sustentá-la até o final para vencer a sua prova de estréia pela Ferrari, igualando assim a Fangio, Baghetti, Mansell e Raikkonen que também estrearam com vitória na equipe.
Massa também superou Vettel e segurou sua segunda posição até o final, mas teve que reduzir o ritmo para poupar o motor e seu atraso para Alonso subiu de 3 segundos para 16 na volta final.
Lewis Hamilton também herdou a terceira posição de Vettel e completou o pódio. Se arrastando pela pista, Vettel ainda ficou com a quarta posição.
No pelotão intermediário, a prova também foi normal. Rosberg terminou em 5º seguido por Schumacher que fechou em sexto pressionado por Button, sétimo. Completaram os dez pontuantes Webber, Liuzzi e Barrichello.
Dos times estreantes, apenas a Lotus completou a prova com seus dois carros nas duas últimas posições. As demais quebraram. E dos pilotos debutantes. Hulkenberg foi o único a completar, chegando em 14º.

RESULTADO- GRANDE PRÊMIO DO BAHREIN- 14/03/2010- 1ª ETAPA

1 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1h39min20s396
2 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - + 16s099
3 - Lewis Hamilton (ING/McLaren) - + 23s182
4 - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - + 38s713
5 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - + 40s263
6 - Michael Schumacher (ALE/Mercedes) + 44s180
7 - Jenson Button (ING/McLaren) - + 45s260
8 - Mark Webber (AUS/Red Bull) - + 46s308
9 - Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India) - + 53s089
10 - Rubens Barrichello (BRA/Williams) - + 1min02s400
11 - Robert Kubica (POL/Renault) - + 1min09s093
12 - Adrian Sutil (ALE/Force India) - + 1min22s958
13 - Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) - + 1min32s656
14 - Nico Hulkenberg (ALE/Williams) - a uma volta
15 - Heikki Kovalainen (FIN/Lotus) - a uma volta
16 - Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) - a três voltas
17 - Jarno Trulli (ITA/Lotus) - a três voltas

Abandonaram

Pedro de la Rosa (ESP/Sauber) - 30ª volta
Bruno Senna (BRA/Hispania) - 19ª volta
Timo Glock (ALE/Virgin) - 17ª volta
Vitaly Petrov (RUS/Renault) - 14ª volta
Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) - 12ª volta
Lucas di Grassi (BRA/Virgin) - 3ª volta
Karun Chandhok (IND/Hispania) - 2ª volta

Melhor Volta: Fernando Alonso (Ferrari) 1min58s278

Nenhum comentário:

Postar um comentário