segunda-feira, 15 de março de 2010

Análise dos dez primeiros- GP do Bahrein

Fernando Alonso- Conseguiu na largada resolver a sua vida, pois na pista, tentar ultrapassar Massa seria complicado. No decorrer da prova não deixou Vettel escapar e quando este teve problemas, assumiu a liderança pra vencer sua primeira prova pela Ferrari. Mas terá bons duelos com Massa, como ficou demonstrado nos treinos. A diferença entre eles nas tomadas de tempo foram bem apertadas.

Felipe Massa- A sua volta as corridas foi comemorada com festa no pódio e mostrou que ainda tem velocidade de sobra para enfrentar Alonso nessa temporada que promete ser difícil. Poderia ter incomodado Fernando na parte final do GP, mas um pedido do seu engenheiro para poupar o motor para as próximas corridas acabou liquidando suas chances.

Lewis Hamilton- Em momento algum conseguiu andar perto dos lideres e ainda teve que lutar contra a Mercedes de Rosberg antes da primeira parada nos boxes. Conseguiu o pódio graças ao problema de Vettel, mas não teria forças para chegar lá. Parece que o carro ainda tem o que melhorar.

Sebastian Vettel- Tinha a vitória no bolso, mas problemas o motor Renault voltaram a assombrar e assim ele perdeu a primeira corrida do ano para a Ferrari e ainda ficou fora do pódio. Mas mostrou que o carro é bom e pode brigar pelo mundial deste ano.

Nico Rosberg- Uma corrida tranquila para ele. Não teve o incomodo de ninguém e soube chegar com tranquilidade na sua quinta posição. No duelo pessoal contra Schumi, passou bem na primeira lição o que lhe dará mais confiança para as próximas provas.

Michael Schumacher- Em sua volta às pistas três anos depois, a sua atuação foi discreta. Reclamou um pouco da falta de oportunidade de ultrapassagens e andou o tempo atrás de Rosberg. Mas para atingir o nível que estava quando parou de correr, ainda vai precisar de um tempinho.

Jenson Button- Não viu nem a cor do carro de seu companheiro de equipe Lewis Hamilton no Fim de semana. Foi dominado impiedosamente e não conseguiu sair do pelotão intermediário. Passou toda a prova atrás de Schumi.

Mark Webber- Pela baforada que o motor Renault deu logo após a largada, pensava que ele iria desistir logo. Mas o motor aguentou firme e ele completou a corrida, mas assim como Button, acabou sendo dominado por seu companheiro o final de semana todo.

Vitantonio Liuzzi- Largando de 12º com pneus duros, conseguiu fazer um stint para assegurar os dois primeiros pontos da FI no ano e mostrou, junto de seu companheiro Sutil, que a equipe tem chances de brigar por mais pontos.

Rubens Barrichello- Ele esperava mais do seu Williams, mas este acabou sendo razoável. Marcou apenas 1 pontinho, mas espera melhorar mais nas próximas corridas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário