domingo, 11 de julho de 2010

Análise dos dez primeiros- GP da Inglaterra

Mark Webber- Grande largada e respondeu na pista ao desrespeito da equipe com ele no sábado. Tinha um senhor carro na mão, que o possibilitou a fazer uma corrida controlada contra Hamilton. A sua vibração no pódio diz tudo.

Lewis Hamilton- Aparentemente sua prova seria complicada tendo as duas Red Bulls na frente e Alonso ao seu lado em terceiro, mas conseguiu uma bela largada e quando virou a Copse estava em terceiro e com o erro de Vettel acabou subindo para segundo. Chegou a pressionar Webber, mas não tinha carro suficiente para acompanhá-lo. Ainda é líder do mundial.

Nico Rosberg- Boa largada, mas o caos entre os primeiros o ajudou bastante para subir até a quarta posição. Brigou com Kubica pela terceira posição que foi conquistada nos boxes. No final da prova teve uma pequena pressão de Button, que não chegou a incomodá-lo. Um prêmio após a péssima prova de Valência. 

Jenson Button- Quetinho conseguiu sair de 14º e virar a segunda volta em oitavo após bela largada e depois adiou sua parada nos boxes por algumas voltas quando era terceiro. Voltou e sexto e foi beneficiado com o abandono de Kubica  e a punição de Alonso para subir para a quarta posição. Talvez tenha sido o piloto mais feliz do dia depois de Webber. 

Rubens Barrichello- Ótimo final de semana dele. Oitavo no grid e na corrida, apesar de não ter ultrapassado ninguém, teve um bom ritmo de prova que o possibilitou chegar mais uma vez nos pontos. 

Kamui Kobayashi- A exemplo de Barrichello, o japonês teve outra bela exibição e conseguiu marcar pontos pela segunda vez consecutiva este ano. Aos poucos vai se destacando na F1.

Sebastian Vettel- Errou aos montes nos primeiros metros do GP e acabou detonando sua corrida inteira. Tem que agardecer o safety, caso não tivesse entrado e reagrupado o pessoal na pista, não teria marcado pontos. De bom mesmo foi sua disputa contra Sutil pelo sétimo posto, quando ultrapassou seu conterrâneo na marra. 

Adrian Sutil- Outra boa prova dele. Boas batalhas contra Schumi  e Vettel, na qual ganhou uma e perdeu a outra.

Michael Schumacher- Tem suado o macacão em disputas nas posições intermediárias nas últimas provas e hoje não foi diferente. Foi o primeiro a fazer a parada para trocar de pneus, que na verdade acabou atrapalhando ele que perdeu uma posição. Contra Rosberg, outra sova à favor do jovem Nico.

Nico Hulkenberg- Boa corrida. Chegou a pressionar até Schumi na disputa pelo nono posto, onde não obteve sucesso. Mostra que em circuitos de alta, com cuvas do mesmo estilo, o carro da Williams, empurrado pelo Cosworth, tem bom desempenho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário