sexta-feira, 31 de julho de 2009

Começou a debandada

A BMW já deu seu adeus a F1 para o ano de 2010 e de quebra, pelo que li, também já mandou um email pra F-BMW dos EUA e Ásia dizendo que as categorias vão para o limbo também. Novidade, acho que não!

Essas fábricas, e dai incluo todas, quando entram na F1 o seu pensamento único é ter retorno com sua exposição, o que até conseguem, mas ao sinal de qualquer crise, pífio que seja, já caem fora. Não é a toa que Mosley teve a famosa queda de braço com os construtores neste ano, e na verdade, lá finzinho ele tinha um pouco de razão e agora com essa saída da BMW ele vai bater no peito e dizer: " eu tinha razão, não disse!".
A saída da fábrica da bávara não exatamente pela crise- pelo menos é o que dizem- mas sim por que não conseguiu o retorno($$$$) que queriam quando entrou nessa jogada. E dai quem paga o pato é os outros, a molecada da Ásia e EUA que saem do kart. Ainda bem que eles tem sorte por ter algumas categorias de base por lá que acabam comportando os jovens pilotos, mas se fosse aqui no Brasil, pobres coitados...
A Petronas pode comprar a BMW, mas a imprensa especula que a companhia petrolífera pode apenas manter o patrocínio para atrair compradores.
Agora quem acena com a saída é a Mercedes. Sócia majoritária da Mclaren desde 98, a fábrica das 3 pontas também se "animou" com o anúncio da BMW em se retirar da competição em 2010 e pode cair fora também. A Mercedes está envolvida, além da Mclaren, Brawn e Force India no fornecimento de motores, na DTM, F-3 européia e outras categorias espalhadas pelo mundo e isso poderia deixar mais outros a pé no próximo ano. Mas eles estão apenas discutindo se é válido continuar a gastar tanto com o esporte, mas ao mesmo tempo disseram que a saída da BMW não vai influenciar em nada o comprometimento da fábrica na F1.

Ano passado foi a Honda que começou a puxar o bonde ao anunciar sua saída nos testes de pré-temporada, deixando todos empregados com as calças na mão até fevereiro, quando Ross Brawn comprou a equipe e a transformou na líder do mundial de construtores e pilotos na mais bem sucedida estréia de uma equipe na história da competição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário