segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Relembrando a década (2000-2009) 2ª parte

A MELHOR POLE DA DÉCADA


Tivemos algumas atuações em treinos que foram memoráveis. Michael Schumacher teve um punhado que nem dá para destacar qual foi a melhor delas. Já Barrichello teve duas que foram marcantes, Inglaterra 2003 quando tinha ficado por último no treino de sexta por um erro e foi motivo, mais uma vez, de chacotas. Entrou primeiro na pista no sábado e cravou o melhor tempo que não foi batido por ninguém, nem mesmo por Schumi e a outra foi a de Interlagos 2009, no interminável treino de sábado, debaixo de um aguaceiro de fazer inveja ao dilúvio universal foi lá a marcou um tempo sensacional. Montoya foi outro que teve outro tanto, mas a sua melhor, concerteza, foi a de Silverstone 2002 quando tirou a primeira fila garantida da Ferrari quando todos já comemoravam, ele foi lá e marcou a pole. Alonso marcou uma fantástica volta, que ninguém esperava, na Hungria em 2009 deixando Mclaren, Brawn e Red Bull no chinelo. Hamilton também brilhou com a pole em frente da sua torcida em Silverstone 2007 quando todos já pensavam que tinha ido para o espaço a sua chance. Button em Mônaco 2009, como ele descreveria mais tarde "quase que fui parar no mar". Vettel em Monza 2008 com a Toro Rosso, debaixo de chuva domando o carro e seus concorrentes. Bom, são inúmeras poles que infelizmente não lembrarei, mas uma sim foi fantástica, a de Mika Hakkinen em Ímola 2000 quando tudo parecia caminhar pra uma pole de Schumi com total folga, o finlandês só conseguiu tomar a posição no último setor, sendo que nos dois ultimos ele ficara cerca de 85 milésimos atrás de Michael. O autódromo calou-se por inteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário