quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Relembrando a década (2000-2009) 6ª parte

AS MELHORES CORRIDAS E AS MELHORES ATUAÇÕES

Foram ótimas corridas que tivemos na última década, com atuações brilhantes também de alguns pilotos nestas que serão relembradas agora


Em 2000 foi a estréia de Barrichello pela Ferrari e lá, até a etapa da Alemanha, não tinha conquistado a sua tão sonhada vitória. Mas num final de semana complicado, largando da 18ª posição, suas chances eram quase zero. Na corrida Schumi foi eliminado na largada e Rubens foi subindo de posição até chegar ao topo perto do fim da prova. Suas últimas voltas com pneu slick na parte molhada do Stadium virando até dois segundos mais rápido que as Mclarens de Hakkinen e Coulthard foram memoráveis.



No GP da Inglaterra de 2003, novamente, Barrichello estava em situação embaraçosa por ter batido o carro no treino de sábado sendo criticado pela imprensa especializada. No sábado marcou a pole, venceu de modo indiscutível a prova no domingo de modo espetacular com grande velocidade e audácia. Destaque nesta prova também para Cristiano Da Matta que corria com Toyota e liderou 23 voltas daquela prova duelando com Raikkonen.



Michael Schumacher parecia acabado na prova dos EUA de 2003 quando marcou apenas o 7º tempo no grid, mas a leve chuva que caiu no autódromo de Indianápolis o ajudou a conquistar uma importante vitória frente seus adversários Raikkonen e Montoya que disputavam o título contra o alemão



Como sempre Spa-Francorchamps nos dá o grande prazer de ver espetáculos de pura velocidade e atuações maravilhosas. Nesta edição de 2004 foram várias, com ultrapassagens aos montes e belos duelos e alguns acidentes. A vitória foi de Raikkonen e Schumacher conquistou lá seu sétimo título.



No GP do Japão de 2005 a chuva que caiu no final do treino jogou Alonso, Schumi, Raikkonen e Montoya para as últimas posições no grid. Destes quatro somente Juan Pablo não completou a prova, mas os outros deram o show na prova ao protagonizar grandes ultrapassagens e ótimos duelos. Raikkonen venceu a corrida ao ultrapassar Fisichella na última volta numa bela manobra.



Nunca tinha chovido no GP da Hungria desde sua entrada no calendário da F1 em 1986, mas naquele fim da temporada de 2006 o aguaceiro caiu no circuito tornando as coisas mais complicadas para os pilotos. Alonso fez uma corrida maravilhosa depois de uma largada magistral, mas não completou a prova e Schumi deu show ao segurar uma turma depois que seus pneus slick estavam de deteriorados. Jenson Button venceu sua primeira prova neste dia.



O GP do Brasil de 2008 foi uma tensão só. Com Massa precisando de sete pontos a mais que Hamilton ele tratou de sumir na frente após mais um bela pole. Hamilton sofreu pacas com o rendimento do seu carro e por pouco não perdeu o campeonato, que chegou a ficar com Massa por míseros segundos, mas que foi recuperado pelo inglês que ultrapassou Glock na curva da Junção e passou em quinto para vencer seu campeonato mundial pela primeira vez.

Um comentário:

  1. vixi... saco nada de formula 1

    http://drehluvz.blogspot.com/

    ResponderExcluir