segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Análise das equipes- GP de Abu-Dhabi 2009

MCLAREN- Tinham, disparado, o melhor carro do fim de semana. Mais rápidos desde a sexta quando Kovalainen e Hamilton ficaram com os dois melhores tempos, a pole foi conquistada de forma fácil apesar do inglês dizer o contrário. A prova parecia estar sobre controle mas daí os freios traseiros do carro de Hamilton estouraram, forçando ele abandonar por quebra pela primeira vez na F1. Kovalainen terminou a prova em 11º errando aos montes.

FERRARI- Não figuraram entre os primeiros em momento algum, tornando assim o pior fim de semana da temporada da equipe neste ano. Raikkonen fechou a prova em 12º enquanto que Fisichella terminou em 16º. Correndo praticamente em casa era de se esperar algo mais, mas o carro não foi competitivo em nenhuma ocasião e marcou o fim de Kimi na equipe de modo discretíssimo.
BMW SAUBER- Mais uma vez chegaram na casa dos pontos, desta vez com Heidfeld. O carro esteve bem no circuito apenas no sábado, quando Kubica e Heidfeld marcaram a sétima e oitava posições, respectivamente. O polonês terminou em 10ª após ter rodado numa disputa com Buemi e Heidfeld garantiu a quinta posição na despedida da BMW da F1.
RENAULT- Foi uma melancolia só ver a equipe neste fim de semana. Alonso largou no fundão em sua despedida e terminou por lá mesmo em 14º e Grosjean acabou em último, uma volta depois do líder. O carro foi uma porcaria, assim como a equipe neste ano de muitas conturbações dentro e fora da pista.
TOYOTA- Outra boa prova dos japoneses. O carro melhorou bastante nestas últimas corridas e nesta de Abu-Dhabi o carro continuou na mesma toada possibilitando Trulli e Kobayashi chegarem a casa dos pontos. Agora resta a equipe resolver seus problemas internos para o ano que vem.
TORO ROSSO- Os carros melhoram de forma gradual neste final de campeonato e Buemi conseguiu levar o carro para a Q3. Na corrida o franco-suiço levou o oitavo lugar enquanto que seu compenheiro, Alguersuari, não completou a prova. Uma pena o carro ter melhorado somente agora.
RED BULL- Junto da McLaren eram os favoritos para a prova. Nos treinos ficaram próximos de Hamilton e na prova o inglês manteve bom ritmo até abandonar, abrindo caminho para a vitória sossegada de Vettel seguido por Webber. Os motores da Renault foram os grandes vilões da equipe do touro vermelho.
WILLIAMS- Final de semana discreto para a equipe do tio Frank. Rosberg largou em nono e terminou por lá mesmo enquanto Nakajima fez o mesmo, largado em 13º e ficando por lá no final da prova. Os dois se despediram da equipe.
FORCE INDIA- O circuito não ia ajudar eles de modo algum, então o que se viu foi um repeteco de outras atuações apagadas da equipe. Liuzzi terminou em 15º e espera um lugarzinho na equipe para o ano que vem e Sutil, que esperava mais do seu carro, acabou em 17º.
BRAWN GP- Os carros só perdiam para a Mclaren e Red Bull. Barrichello saiu em 4º, mas não teve boa jornada na prova terminado na mesma posição. Button travou bom duelo com Webber no final da prova e acabou em terceiro. Corrida apenas para se divertir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário