domingo, 30 de agosto de 2009

Em ótima prova, Raikkonen sai do jejum após batalha com Fisico


A batalha entre Raikkonen e Fisichella foi o grande atrativo de uma prova que teve no seu inicio, o acidente múltiplo que liquidou de uma só vez Button, Grosjean, Alguersuari e Hamilton. O piloto franco-suíço da Renault acabou acertando Button após a reta Le Combes e ambos foram para a caixa de brita e Hamilton, numa tentativa de escapar do bololô, freou forte e Alguersuari, que vinha em seguida, não conseguiu segurar e acertou a traseira do Mclaren do inglês. Fim de prova brusco para os 4 pilotos e pior para Button que acabou por ficar, pela primeira vez no ano, sem pontuar.
Após a saída do Safety-Car, Raikkonen assumiu a liderança ao ultrapassar Físico na reta Le Combes. O resto da tarde foi de uma batalha no melhor estilo gato e rato, e por algumas vezes com intromissão de um ou outro, como por exemplo o azarado Alonso, que chegou a andar perto dos dois com uma diferença de 2 segundos para Raikkonen que era terceiro, mas quando foi para sua parada, acabou tendo um problema na roda esquerda dianteira que demorou por demais a ser trocada. Quando voltou para pista estava em 14ºe último, mas a equipe Renault acabou por decidir que ele abandonasse a prova, temendo que esta roda se soltasse como aconteceu na Hungria e equipe, por esse acontecido quase ficou de fora da prova de Valência. No final foi Vettel que chegou bem perto de ambos, mas sem oferecer grandes riscos ao segundo lugar de Fisichella.
A briga entre os dois foi tensa. A maior diferença que tiveram um para o outro foi de 2.8 segundos antes da primeira parada e o resto da corrida a distancia oscilou entre 0.6 e 1.2 segundos, sempre com Raikkonen e Fisichella a trocarem descimos de segundo volta a volta. O piloto finlandês teve ao seu favor o KERS, que de alguma forma foi determinante para sua vitória nesse domingo que acabou com um jejum de vitórias dele que perdurava desde a prova de Barcelona do ano passado e a Ferrari desde o GP Brasil do ultimo ano. Fisichella fechou em segundo mas mostrou a fabulosa evolução deste carro no campeonato, e que nesta prova, teve um desempenho acima de qualquer expectativa.
Foi uma ótima prova, com boas disputas e ultrapassagens e o equilíbrio que tanto procuravam para este ano, e por algum momento, devido ao avassalador inicio da Brawn, parecia que teríamos um campeonato decidido muito cedo. Mas as coisas foram se acertando e agora temos um campeonato extremamente complexo, nunca sabendo quem poderá dominar a prova seguinte. Ah, e outra coisa, essa foi a segunda vitória de um carro usando KERS. Pode ser até uma coincidência, mas equipes que usam o dispositivo parecem ter achado o caminho das vitórias.
E ae, alguma aposta para Monza daqui a 15 dias????


RESULTADO FINAL DO GRANDE PRÊMIO DA BÉLGICA-12ª ETAPA


1. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 44 voltas em 1h23min50s9952. 2º-Giancarlo Fisichella (ITA/Force India) - a 0s9393. 3º-Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - a 3s8754. 4º-Robert Kubica (POL/BMW) - a 9s9665. 5º-Nick Heidfeld (ALE/BMW) - a 11s2766. 6º-Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) - a 32s7637. 7º-Rubens Barrichello (BRA/Brawn GP) - a 35s4618. 8º-Nico Rosberg (ALE/Williams) - a 36s2089. 9º-Mark Webber (AUS/Red Bull) - a 36s95910. 10º-Timo Glock (ALE/Toyota) - a 41s49011. 11ºAdrian Sutil (ALE/Force India) - a 42s63612. 12º-Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso) - a 46s10613. 13º-Kazuki Nakajima (JAP/Williams) - a 54s24114. 14º-Luca Badoer (ITA/Ferrari) a - 1min37s177Não completaramFernando Alonso (ESP/Renault) - a 17 voltas. Jarno Trulli (ITA/Toyota) - a 22 voltas Jenson Button (ING/Brawn GP) - a 43 voltas. Romain Grosjean (FRA/Renault) - a 43 voltas. Lewis Hamilton (ING/McLaren) - a 43 voltas. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) - a 43 voltas

Nenhum comentário:

Postar um comentário