domingo, 4 de outubro de 2009

Análise das equipes- GP do Japão

MCLAREN- Fez um bom trabalho, pelo menos com Hamilton. Kovalainen ficou batendo rodas e nada além disso. Já o inglês tentou acompanhar o ritmo da Red Bull, mas ficou claro que não conseguiria nada após sua primeira parada. A corrida da equipe foi tranquila.
FERRARI- Raikkonen fez mágica ao levar o carro até a 4ª posição neste domingo, o que realmente foi de surpreender, afinal ninguém esperava um desempenho tão bom. Mas o segundo stint do finlandês foi fabuloso, chegando a fazer a melhor volta da prova. Já Fisichela continua apanhando do carro. Massa pode voltar, talvez, em Interlagos.
BMW SAUBER- Foi a melhor apresentação da equipe neste mundial. Andou bem desde a sexta e na prova Heidfeld passou a corrida toda na quarta posição, perdendo somente para Raikkonen depois do segundo pit. Kubica esteve rápido, mas ficou preso no pelotão intermediário o que dificultou sua evolução na prova. Pressionou Button no final da corrida, mas sem sucesso. A BMW vai fazendo uma despedida decente.
RENAULT- Provinha bem ruim da equipe, talvez a pior dele no ano. Alonso tentou dar o bote na pontuação fazendo apenas uma parada, mas acabou se dando mal e fechando em 10º. Grosjean, pra variar, não fez nada e sua posição na equipe está ameaçada para a prova do Brasil. Talvez Di Grassi apareça no carro amarelo e branco da equipe francesa. Se isso acontecer, que seja bem vindo.
TOYOTA- Outra bela prova do time japonês. Trulli só não conquistou a pole por que Vettel estava infálivel no sábado. Na corrida conseguiu manter o bom ritmo e ganhou a segunda posição de Hamilton nos boxes, o que valeu uma festa nos boxes da equipe. Glock não pode participar por causa do corte ocasionado no acidente de ontem. Parece que a equipe mudou o discurso e está afim de continuar na brincadeira.
TORO ROSSO- Foi um prejuízo só. Dois acidentes no sábado e mais um na corrida foi o saldo da equipe nesta corrida. E olha que poderiam fazer até pontos, Buemi estava bem, com um carro rápido mas dai apareceu problemas e ele teve que abandonar. Alguersuari vinha bem na prova mas dai cometeu um erro e bateu forte. Mas pelo menos mostraram evolução, mas precisariam de um piloto experiente.
RED BULL- Parecem que agora vão pro tudo ou nada. Vettel andou demais nessa corrida, coisa que não faz desde que aparecem os problemas de motor que limitou ele e Webber a brigar com a Brawn pelo campeonato. Mark não teve um fim de semana bom. Não treinou no sábado devido uma rachadura no carro e na prova teve vários problemas terminando em último. O título de construtores já era, mas o de pilotos ainda é um sonho mesmo que esteja quase definido em favor de Button.
WILLIAMS- Rosberg se redimiu do seu erro na prova de Singapura e colocou o carro na quarta posição no final ajudado pelo safety, se não fosse por isso teria chegado em sétimo ou oitavo. Nada de mais especial.
FORCE INDIA- Sutil voltou a andar bem, como era previsto pelas caracteristicas do circuito japonês que é rápido e isso ajuda e muito o carro da FI. Mas não fo um desempenho parecido com os de Spa e Monza, mas poderia render-lhe pontos se não fosse o enrosco com Kova no ínicio da prova que o jogou para trás na classificação. Acabou terminando em 13º. Em Interlagos o desempenho deles será uma incógnita.
BRAWNGP- O ritmo dos seus carros não inspiravam posições melhores. Barrichello teve um segundo Stint péssimo, sendo o mais lentos dos 10 primeiros chegando a tomar de Raikkonen, que estava em 5º, cerca de 1.3s por volta. Button também não esteve nos seus melhores dias, mas fez o suficiente para marcar um ponto. O título de construtores está à 0,5 de ser da equipe na próxima prova.

Nenhum comentário:

Postar um comentário