domingo, 4 de outubro de 2009

Análise dos oito primeiros- GP do Japão


VETTEL- Não deu chances pra ninguém nesta prova, guiando com segurança e um ritmo muito bom. Mostrou que o carro dominaria neste circuito e foi o que fez. No campeonato ainda sonha, mas sabe que está dificil, mas um milagre pode acontecer quem sabe. E não é só ele que reza por isso.







TRULLI- Fazia um tempo que o italiano não pilotava assim. Quase marcou a pole e na corrida saiu mal cedendo o sgundo lugar para Hamilton. Só recuperou a posição após a sua segunda parada. Teve um ritmo de corrida legal, mas não suficiente para pegar Vettel. Pelo jeito pode ficar à pé para o próximo ano, o que seria uma pena.










HAMILTON- Fez o que pode para tentar chegar em segundo, mas Trulli estava no seu encalço a prova toda o que acabou culminando na perda da segunda posição após sua segunda parada. O carro esteve bem apenas em Suzuka, mas nunca em condições de vencer.







RAIKKONEN- Que bela corrida! De inicio não parecia que chegaria tão bem na prova, mas seu primeiro jogo de pneus foi determinante para ele conseguir isso. No final faltou pouco para ganhar o terceiro posto de Lewis. Vai fazendo suas últimas provas na Ferrari de modo fantástico.





ROSBERG- Deu o pulo do gato com a entrada do safety no final da prova. Aproveitou a entrada deste para fazer sua parada e continuar com quinta posição, caso isso não acontecesse caíria para sétimo ou oitavo. Pelo menos foi esperto desta vez, não fazendo a mesma burrada de Singapura.





HEIDFELD- Boa corrida se mantendo entre os 4 primeiros por quase toda a prova, mas perto do final acabou perdendo duas posições para Kimi e Nico devido as paradas de Box e safety car. Uma pena que o carro melhorou apenas no final deste campeonato, o que mostar que poderia ter feito mais pontos e brigado até por pódios.






BARRICHELLO- Tinha uma boa chance de sair do Japão com uma diferença menor, já que saia em sexto no grid e Button em décimo, mas acabou tendo um desempenho ruim após seu segundo pit o que deixou ele perdido na prova e isso o privou de ganhar mais posições. Tirou um ponto para Button, mas o título já foi para o espaço.






BUTTON- O titulo está mais próximo. Tudo indicava para um final de semana desastroso, mas acabou vendo seu rival direto não ter uma tarde tão boa e assim a diferença caiu para 14 pontos ao salvar 1 ponto na prova. Assim a festa está reservada à Interlagos, daqui 15 dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário