segunda-feira, 19 de abril de 2010

Análise do dez primeiros- GP da China

Jenson Button- A sua estratégia em não entrar para trocar os pneus para intermediários quando a chuva estava fraca, foi decisiva. Ultrapassou Rosberg e abriu boa vantagem. No final da corrida quase foi acossado por Hamilton, mas tinha 2.5s de vantagem sobre o seu companheiro de Mclaren. Agora a divisão de forças na equipe está por igual.


Lewis Hamilton- Se atrapalhou nas trocas de pneus e acabou perdendo a chance de tentar ganhar a prova. Mas fez outra grande prova ao ser combativo nela toda e travara ótimos duelos no pelotão intermediário, quando subia de posições. Sua briga com Schumi foi o ponto alto da prova. Agora só lhe falta vencer, afinal Button já tem 2 vitórias e a liderança do mundial.


Nico Rosberg- Teve a grande chance de vencer e isso parecia provável, mas seu erro acabou deixando Button se aproximar e ultrapassá-lo no fnal da reta oposta. Brigou muito contra Hamilton, mas também não pode fazer nada contra o poderio das Mclarens. Com relação à Schumi, está formidável.


Fernando Alonso- A queimada na largada o prejudicou demais. Podia ter discuto a vitória com Button e Rosberg, mas tinha o drive through para ser pago. Recuperou-se bem, mas a ultrapassagem sobre Massa na entrada dos boxes podia ter sido evitada, até para o bem da equipe.


Robert Kubica- Outra bela prova do polonês. Andou na terceira posição por algum tempo, mas sem ameaçar os ponteiros. Foi superado por Hamilton e Alonso que tinham carros mais velozes.


Sebastian Vettel- Outra prova para ser esquecida. Era favorito para vencer e mesmo tendo perdido a posição Alonso, seguramente viria ao primeiro posto mais tarde com a punição ao espanhol. Mas erros seu e da equipe acabaram com suas chances. Mas ainda tem o carro mais rápido da F1.


Vitaly Petrov- Ótimos duelos contra Schumacher, Hamilton e Alguersuari garantiram para ele seus primeiros pontos e vai se firmando como um dos melhores da nova safra. É bastante agressivo.


Mark Webber- Errou aos montes e o que teve de bom na prova foi a ultrapassagem sobre Vettel, quando este ficou bloqueado por Sutil numa disputa por posição. Suas quatro provas foram bem apagadas.


Felipe Massa- Um final de semana discreto para ele. Largou em sétimo e passou toda a prova nas posições intermediárias. No lance contra Alonso, ele admitiu que havia derrapado na última curva antes da entrada dos pits, versão que foi confirmada pelo espanhol. Mas em outra coletiva disse que ter ficado atrás dele na parada de box após o acontecido, lhe custou 3 posições. As coisas não parecem fáceis para ele.


Michael Schumacher- Teve a prova mais dura após sua volta a categoria e sofreu nas mãos dos novatos que não lhe deram sossego. Foi o primeiro a trocar para pneus intermediários quando a chuva deu uma apertada, mas não soube aproveitar essa situação para ganhar mais posições. Por enquanto, uma volta inglória para F1.



Nenhum comentário:

Postar um comentário