domingo, 9 de maio de 2010

Análise dos dez primeiros- GP da Espanha

Mark Webber- Teve um fim de semana sensacional ao marcar a pole e vencer com total folga o GP. Domou Vettel e mostrou que o carro da Red Bull realmente era imbatível em Barcelona. Redimiu-se dos fracassos nas últimas provas.


Fernando Alonso- Foi o piloto mais cerebral da corrida. Manteve-se em quarto a corrida toda, não sendo importunado por ninguém. Na parte final da prova, passou a virar voltas cada vez mais velozes, aproximando-se de Vettel. Herdou duas posições com os problemas de Sebastian e Hamilton e assim pode chegar ao pódio. O carro não esteve ao seu gosto, mas foi brigador no final de semana.


Sebastian Vettel- Com um carro desequilibrado e com problemas de freios na parte final da corrida, deixaram o jovem alemão em condições adversas tanto que escapou para fora da pista quando faltavam dez voltas para o término. Não repetiu o bom desempneho dos treinos e a vitória de Webber deve ter acendido a luz amarela para o jovem astro na Red Bull.


Michael Schumacher- As melhorias do Mercedes para esta prova deixou o heptacampeão mais avontade e assim ele conseguiu fazer sua melhor prova após seu retorno. Travou um bom duelo com Button, no qual saiu vencedor. Mas o mais importante foi ter deixado Rosberg para trás nesta prova, sendo mais rápido que ele em todo fim de semana.


Jenson Button- Tinha um carro muito mais veloz que Schumi, mas não conseguiu ultrapassá-lo e assim desistiu tentando poupar motor para a próxima etapa. Ficou atrás de Hamilton desde os treinos, mas a sorte o ajudou quando seu companheiro abandonou a prova, afinal as coisas poderiam igualar dentro da equipe. Ainda mantém a liderança do mundial.


Felipe Massa- Péssimo final de semana para ele. Não achou o acerto em momento algum e tomou na classificação mais de cinco décimos de Alonso. A sua boa largada pulando de nono para sétimo o ajudou e no final da prova subiu para sexto, mas tudo anda difícil para ele na Ferrari.


Adrian Sutil- Saiu em 11º e mostrou habilidade ao escapar do entrevero entre Kubica e Kobayashi no início, assim conquistando duas posições. Manteve-se nas posições intermediarias a prova toda e subiu para sétimo no fim.


Robert Kubica- O enrosco com Kobayashi após a largada, arruinou qualquer chance sua. Teve que lutar contra Rosberg e Sutil na prova, mas está em ótima fase e terminou em 8º.


Rubens Barrichello- Saiu em 17º e sua largada foi fundamental para tentar algo durante a prova, quando pulou para 13º. Por mais que tenha terminado em nono, o carro ainda precisa e muito de evoluir.


Jaime Alguersuari- Outra bela prova do espanhol, com boas disputas e até batendo rodas com retardatários como ficou demonstrado quando tentou passar Chandhok arrancando-lhe a asa dianteira. Tomou um Drive & Trough por isso e voltou forte para garantir, no final, a décima posição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário