domingo, 9 de maio de 2010

Webber domina e vence em Barcelona


O largo sorriso de Mark Webber após a sua pole ontem em Barcelona era justificável. Ele sabia que, para conter seu companheiro de equipe, tinha que largar a sua frente e sustentar qualquer que fosse o ataque de Vettel durante a prova. Lembram-se: ambos tinham ficado separados por mísero 1 décimo, não só na disputa da pole, mas nos treinos em geral. Isso indicava um domínio absoluto do time austro-inglês.
Mark Webber largou bem, seguido por Vettel, Hamilton, Alonso e o restante. Basicamente um destes quatro sairia vencedor. Se bem que Hamilton e Alonso teriam que torcer e muito para haver algum problema com um dos dois carros da Red Bull para que isso acontecesse.
Nas dez voltas iniciais Webber mostrou estar mais rápido que Vettel e abriu boa vantagem, cerca de quase oito segundos, além claro de marcar sucessivamente a melhor volta da prova. Sebastian parecia estar em outra corrida ao não conseguir igualar o mesmo ritmo de Webber, tanto que Hamilton, antes das paradas para troca de pneus, estava atrás por apenas 1.5s. Isso saiu caro para ele, pois na volta de número 18, quando já havia feito sua parada, ele dividiu a primeira curva com Hamilton que acabava de sair dos pits. Por dentro se encontrava um retardatário que atrapalharam ambos e Sebastian teve que escapar para não colidir com Lewis e assim caiu para terceiro.
Webber tinha parado na mesma volta que Lewis e sustentado a primeira posição, assim ele ficaria até o final da corrida sem incomodo algum.
Lewis estava seguro a frente de Vettel e tinha até esboçado alguma reação para Webber, ao cravar por duas vezes a melhor volta da prova que era batida, em seguida, pelo australiano da Red Bull. Hamilton poderia ter ficado mais tranquilo na prova, principalmente quando Vettel, que estava no seu encalço, teve problemas nos freios e escapou na volta 54 e parou nos boxes em seguida, mas faltando uma volta para o fim, o desgaste excessivo dos pneus para se manter na frente de Vettel e tentar se aproximar de Webber, fez com que o pneu dianteiro esquerdo estousasse na rápida curva de raio longo após o ''S'' jogando o piloto da Mclaren para a brita acertando a barreira de pneus.
Isso foi ótimo para Alonso que poupou pneus após sua única parada (estratégia que foi adotada pela maioria dos pilotos) e herdou duas posições nas últimas dez voltas da corrida para passar em segundo. Vettel terminou em terceiro, sofrendo com problemas nos freios.
Boa prova para Schumi que largou em sexto e por ali ficou até herdar a quinta posição de Button após a parada deste. Foi um duelo que levantou a torcida, com Michael a denfender-se dos ataques de Jenson que tinha um carro muito mais rápido que o Mercedes. Mas ficou por isso mesmo, sem Button conseguir a ultrapassagem e sossegar na quinta posição.
Para os brasileiros o fim de semana foi mediano. Massa largou bem ao assumir a sétima posição e terminar em sexto, atrás de Schumi e Button. Barrichello foi outro a fazer ótima largada, pulando de 17º para 13º e garantiu dois pontos mais para ele e equipe Williams com a nona posição. Senna abandonou no início da prova e Di Grassi fechou em 19º e último, 4 voltas atrás do líder.



O que sobrou do Mclaren de Hamilton: o desgaste excessivo dos pneus de seu carro lhe saiu caro e o pneu dianteiro esquerdo arrebentou na parte mais veloz do circuito.


A melhor batalha da corrida: Schumi segurou os ataques de Button por mais de dez voltas e assegurou, no fina da corrida, o quarto lugar. O inglês reclamou aos montes depois.


Ainda saiu no lucro: após uma classificação sofrível, Massa saiu bem da nona posição para virar a primeira curva em sétimo após a largada, mas mostra não estar satisfeito com o seu Ferrari e espera melhoras em Mônaco, próxima etapa

RESULTADO FINAL
Grande Prêmio da Espanha- Circuito de Montmeló- Barcelona
5ª Etapa


1. Mark Webber (AUS/Red Bull) - 66 voltas em 1h35min44s101
2. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - a 24s065
3. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - a 51s338
4. Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - a 1min02s195
5. Jenson Button (ING/McLaren) - a 1min03s728
6. Felipe Massa (BRA/Ferrari) - a 1min05s767
7. Adrian Sutil (ALE/Force India) - a 1min12s941
8. Robert Kubica (POL/Renault) - a 1min13s677
9. Rubens Barrichello (BRA/Williams) - a 1 volta
10. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) - a 1 volta
11. Vitaly Petrov (RUS/Renault) - a 1 volta
12. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) - a 1 volta
13. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - a 1 volta
14. Lewis Hamilton (ING/McLaren) - a 2 voltas
15. Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India) - a 2 voltas
16. Nico Hulkenberg (ALE/Williams-Cosworth) - a 2 voltas
17. Jarno Trulli (ITA/Lotus-Cosworth) - a 3 voltas
18. Timo Glock (ALE/Virgin-Cosworth) - a 3 voltas
19. Lucas Di Grassi (BRA/Virgin-Cosworth) - a 4 voltas

Não completaram:
Sebastian Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari) - a 24 voltas
Karun Chandhok (IND/Hispania-Cosworth) - a 39 voltas
Pedro de la Rosa (ESP/Sauber-Ferrari) - a 48 voltas
Bruno Senna (BRA/Hispania-Cosworth) - a 66 voltas
Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Cosworth) - a 66 voltas

Melhor Volta: Lewis Hamilton (Mclaren) 1min24s357

3 comentários:

  1. È a coisa complicou mesmo pro Massa, agora tem que remar contra a maré, contra as especulaões, e os imediatistas. Na ´penultma corrida aquela coisa na entrada dos boxes e a espera na fila pra troca de pneus custaram a ele a liderança no campeonato. Agora um leve toque na asa dianteira, os pneus que não atingem a temperatura ideal...O cara é bom, se vcs lembream em 2006 ganhou em interlagos e acabou com um jejum de 13 anos sem vitórias de um brasileiro em interlagos. 2007 foi ele que deu o titulo pro Kimi. Em 2008 foi sensacional, só perdeu o titulo por culpa da propria equipe, mas mesmo assim fez sua melhor corrida em interlagos "de novo".. Dois mil e oito foi o ano pra nós todos... Agora, temos a obrigação de torcer muito por ele e, que essa maré de problemas acabe já em Monaco.
    Gp to.

    ResponderExcluir
  2. Nossa depois de 4 séculos seu amigo aqui escreveu algo heimmmm.Vou aproveitar este momento para escrever que este menino sabe muito e deixa muitos comentáristas para tráz em relação a corridas.Parabéns Paulão pelo Blog.A minha deixa ainda é sobre o GP da Espanha.Aquela peça da Mc-Laren que ficou na pista,não seria do menino Hamilton? e depois com o tempo de corrida algo pegou no seu pneu e fez aquele estrago?Fica ai para todos um pensamento.Um abração para todos.

    ResponderExcluir
  3. Julinho, meu caro!
    Aquela peça deve ser do carro do Chandhok que se envolveu no enrosco com o Alguersuari, quando este último ia dar uma volta no piloto da Hispania.
    Sobre o Hamilton foi um furo, proveniente do dsesgaste excessivo dos pneus do seu Mclaren!
    Abração meu amigo!

    ResponderExcluir