domingo, 27 de setembro de 2009

Button chega em 5º e marca um ponto a mais que Barrichello. Hamilton vence com tranquilidade

O medo que todos tinham de que a chuva abatesse sobre a pista citadina de Cingapura, graças à DEUS não aconteceu porém o Safety-Car foi decisivo para definir as posições de Barrichello e Button.
Ambos largaram próximos- Barrichello em 9º e Button em 11º- até porque Heidefeld- que largaria em sétimo- acabou trocando câmbio e motor e caiu para último no grid. O ritmo de prova de ambos durante a corrida foi muito parecido, com Barrichello a fazer voltas entre 49''7 e 49''9 e Button fazendo o mesmo quando ocupava a 10ª posição. Até que em uma curva do circuito, Sutil, numa disputa com Alguersuari, roda e fica atravessado. Heidfeld que vinha logo atrás acerta em cheio o bico do carro do compatriota. Heidfelf anandonou a corrida com a suspensão traseira direita arrebentada e Sutil prosseguiu com a avaria do bico, mas muitos pedaços ficaram na pista, dai a entrada do Safety foi solicitada. Barrichello havia feito sua parada voltas antes e quem acabou se beneficiando disso foi Button, que fez sua parada com tranquilidade e voltou em 8º atrás de Kovalainen (7º) e Barrichello (6º).
O Safety ficou na pista por mais 6 voltas. O ritmo de Barrichello para Button continuou muito parecido, apesar dele ter conseguido abrir 5 segundos de vantagem para o seu rival. Na segunda parada, ele voltou em 7º, atrás de Raikkonen. Button ficou mais 4 voltas na pista, o que foi suficiente para fazer voltas rápidas na casa de 48''1 e 48''6 para fazer sua parada e voltar, no limite, à frente de Raikkonen e Barrichello. O finlandes parou algumas voltas depois e Rubens subiu para sexto. No final da prova Button começou a ter problema de freios e Barrichello conseguiu descontar nas últimas 4 voltas um diferença que estava em 10 segundos. Mas nada pode fazer. Agora ele sai com 15 pontos de desvantagem para Button, mas se for pensar que na hora em que trocou o câmbio isso poderia ter sido o fim de tudo, este 1 pontinho até que saiu barato.
Hamilton teve um domínio amplo na corrida e teve apenas as ameaças de Rosberg e Vettel. Rosberg vinha até bem, mantendo uma diferença de 1.5 à 2.3 segundos de desvantagem para o inglês, mas quando fez sua primeira parada, acabou errando na saída do box e atravessando a linha que separa da pista. foi punido e caiu para 14º dando adeus a chances de vitória. Vettel tinha chances mais reais de vitória, já que antes da sua segunda parada estava à 0.7 de Hamilton e isso dava totais chances a ele para tentar pegar a primeira posição quando o inglês parasse. Mas acabou excedendo a velocidade nos boxes e tomou um drive&through que o jogou para trás na classificação. Terminou em 4º e suas chances de título acabaram de vez.
Hamilton ainda teve em Alonso, que chegou a liderar, e Glock os adversários mais próximos, mas estes não ofereceram perigo algum e o inglês pode comemorar sua segunda vitória no ano e da Mclaren.

RESULTADO FINAL DO GRANDE PRÊMIO DE CINGAPURA-14ªETAPA
1 - Lewis Hamilton (ING/McLaren) - 61 voltas em 1h56min06s337
2 - Timo Glock (ALE/Toyota) - a 9s634
3 - Fernando Alonso (ESP/Renault) - a 16s624
4 - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - a 20s261
5 - Jenson Button (ING/Brawn GP) - a 30s015
6 - Rubens Barrichello (BRA/Brawn GP) - a 31s858
7 - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) - a 36s157
8 - Robert Kubica (POL/BMW) - a 55s054
9 - Kazuki Nakajima (JAP/Williams) - a 56s054
10 - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - a 58s892
11 - Nico Rosberg (ALE/Williams) - a 59s777
12 - Jarno Trulli (ITA/Toyota) - a 1min13s009
13 - Giancarlo Fisichella (ITA/Ferrari) - a 1min19s890
14 - Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India) - a 1min33s502
Não completaram:
Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) - na volta 48
Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) - 48
Mark Webber (AUS/Red Bull) - 46
Adrian Sutil (ALE/Force India) - 24
Nick Heidfeld (ALE/BMW) - 20
Romain Grosjean (FRA/Renault) - 4

Nenhum comentário:

Postar um comentário